Rinite alérgica – O que é? Tipos, Sintomas e como Tratar


Só quem sofre de rinite alérgica pode descrever os incômodos das crises. É muito espirro, tosse, coriza, coceira no nariz, congestionamento nasal e mal estar.

O fato é que o nariz é a porta de entrada para o ar, algumas substâncias podem causar uma reação imunológica exagerada, isso ocorre porque o organismo entende que aquelas partículas são estranhas, por isso, elas são comumente chamadas de alérgenos.

Todos esses sintomas se manifestam porque o organismo está tentando se defender, pois encara essas substâncias como nocivas a saúde.

Por que a rinite alérgica acontece?

Os especialistas dizem que existem fatores genéticos ligados as alergias. De acordo com eles, quando um dos pais tem rinite alérgica, as chances do filho adquirir a doença são de 25%, caso ambos possuam, os filhos tem 50% de desenvolver o problema.

Essa reação alérgica à determinadas substâncias que causam a rinite alérgica pode aparecer logo nos primeiros anos de vida, entretanto, não é uma regra, os sintomas podem se manifestar tardiamente.

Existem diversos agentes que causam a rinite alérgica, entre eles: Poeira, pólen , mudanças de clima, pêlos de animais e alguns alimentos ( Peixe, trigo, crustáceos, ovos, leite de vaca).

Tipos de Rinite Alérgica

O que poucas pessoas sabem é que existem 3 tipos de rinite alérgica, são elas:

Rinite infecciosa – Causada por infecções que podem ser agudas ou crônicas;

Rinite vasomotora – Nesse caso, ela possui os mesmos sintomas da alérgica, mas ela é considerada não-alérgica, pois suas causas são outras.

Os especialistas afirmam que existem pessoas que possuem sensibilidade ou muitos vasos sanguíneos na membrana nasal, desse modo, esses vasos se contraem e dilatam para fazer a regulagem do fluxo mucoso.

Esse reação exagerada pode ser dada devido a mudança de clima, fumaça, poluição, perfume, produtos químicos, alguns medicamentos e até mesmo o estresse emocional.

Rinite alérgica – Essa é a mais comum e geralmente causada por pêlos de animais, poluição, poeira, entre outros.

Sintomas da Rinite Alérgica

Os sintomas da rinite alérgica podem se diferenciar de acordo  com a pessoa, no entanto, geralmente são os seguintes:

  • Muita irritação no nariz;
  • Obstrução nasal;
  • Irritação na boca, pele, olhos e garganta;
  • Espirros;
  • Coriza transparente;
  • Lágrimas nos olhos;
  • Coceiras nos olhos, nariz e garganta;

Algumas pessoas podem apresentar:

  • Dores de cabeça;
  • Mal estar;
  • Redução do olfato e do paladar;
  • Olhos inchados;
  • Irritabilidade;
  • Sudorese;
  • Cansaço;
  • Rouquidão;
  • Em alguns casos, pode atacar a sinusite, especialmente em pessoas predispostas.

Tratamento da Rinite Alérgica

A maneira mais eficiente de fazer o tratamento da rinite alérgica é evitar o contato com o alérgeno. No entanto, isso nem sempre é possível, pois eles podem estar em qualquer lugar.

Para isso, existem alguns medicamentos indicados pelo médico, são eles:

  • Anti-histamínicos
  • Descongestionantes
  • Corticóides nasais

O primeiro passo é consultar um médico alergista para realizar o teste cutâneo de alergia. De acordo com o resultado do exame, o tratamento da rinite alérgica será aplicado.

O médico também pode orientar medidas de prevenção da rinite alérgica, como por exemplo:

  • Evitar carpetes e tapetes em casa;
  • Trocar as cortinas por persianas que não acumulam poeira e ácaros;
  • Manter os ambientes sempre limpos e aspirados;
  • Não ter animais de estimação dentro de casa;

Infelizmente, algumas situações são difíceis de serem evitadas, como: Mudanças de clima ( muito comum na rinite alérgica vasomotora) e também passeios fora de casa, onde fica impossível controlar a poeira e ácaros.

É importante aliar os cuidados de prevenção com o tratamento da rinite alérgica. Além disso, descongestionantes nasais não podem ser utilizados por longos períodos de tempo. Muitos medicamentos para alergias possuem efeitos colaterais como a sonolência, por isso, é importante consultar um médico para proceder de forma correta.

Alimentação para prevenir rinite alérgica!

De acordo com algumas especialistas em nutrição, existem alimentos que ajudam na prevenção e redução dos sintomas da rinite alérgica, são eles:

  • Vitamina A – Abóbora, brócolis, damascos e outros;
  • Vitamina B – Hortaliças verdes escuras, banana, semente de girassol;
  • Vitamina C – Laranja, acerola, pitaya;
  • Vitamina E e selênio – Oleaginosas ( castanhas, nozes, amendoim, pistache, amêndoas);
  • Cebola, alho, gengibre, canela;
  • Zinco – Carnes e peixes;
  • Mel;
  • Beber bastante água para hidratar;

A rinite alérgica é uma condição muito comum e pode durar anos ou a vida inteira. Já existem tratamentos com imunoterapia que ajudam os pacientes com essa condição a se livrar das crises por um bom período de tempo, entretanto, somente clínicas particulares ofertam os serviços que podem custar de R$ 6.000 a R$ 12 mil reais.

Salgado né?

Fale com seu alergista a respeito do assunto!

Aumente sua imunidade naturalmente, se cadastre aqui no site e receba um e-book gratuito com uma lista alimentos que fortalecem o seu sistema auto imune.

 

 

 

 

 

 

 

 

Tags

, , , ,