Vitamina K – Para que serve? Benefícios? Alimentos? Falta


Ouvimos falar bastante da Vitamina A, B, C e D, mas e a vitamina K, você sabe para que serve?

Todas as vitaminas e minerais são essenciais para nosso organismo, pois elas são responsáveis por inúmeros processos do nosso metabolismo.

A vitamina K  age na coagulação sanguínea, é através dela que são evitadas a hemorragia e também acontece a fixação do cálcio nos ossos evitando a osteoporose.

Por isso, muitos especialistas afirmam que ingerir somente suplementos de cálcio para osteoporose e ineficiente, é importante a junção da vitamina K para promover a fixação desse cálcio, além do magnésio para completar a ação.

A vitamina K é subdividida em 3: K1, K2 e K3. A K1 é adquirida através da alimentação, a k2 é produzida pela nossa flora intestinal e a K3  é sintética, produzida em laboratório como forma de cápsulas de suplementos, injeção ou gotas.

Benefícios da vitamina K

O transporte da vitamina K pelo organismo é feito através das vias linfáticas, para que isso aconteça, é importante que todo o corpo esteja em equilíbrio, especialmente a ingestão de gordura adequada.

Os principais benefícios da vitamina K são:

  • Previne hemorragias, pois promove a coagulação sanguínea;
  • Dá elasticidade nos vasos sanguíneos;
  • Melhora a densidade óssea, uma vez que atua diretamente na fixação do cálcio nos ossos;
  • Reduz cólicas menstruais;
  • Promove a saúde cardíaca;
  • Controla os níveis de açúcar no sangue;
  • Melhora o funcionamento do fígado;

Quais os alimentos são fonte de vitamina K?

Os alimentos fonte de vitamina K, mais precisamente K1 são:

  • Espinafre
  • Couve
  • Brócolis
  • Rúcula
  • Pepino
  • Abacate
  • Açaí
  • Agrião
  • Cenoura
  • Nabo
  • Temperos ( salsa, tomilho, sálvia, manjerona);
  • Limão
  • Banana
  • Figo
  • Uva
  • Kiwi
  • Ovos
  • Coentro
  • Azeite de oliva
  • Frango
  • Fígado bovino
  • Repolho
  • Cebola
  • Pinhão
  • Queijos

Quantidade diária recomendada de vitamina K

O consumo diário da vitamina K necessário para manutenção da boa saúde não é nada exagerado, segue tabela:

  • Homens com mais de 18 anos = 120 micrograma
  • Mulheres é um pouco menos = 90 microgramas
  • Crianças varia muito conforme a idade, geralmente são feito cálculos pelo peso da criança ( 1 micrograma por quilo)

Para garantir a dose diária de vitamina K não é difícil, pois são alimentos que fazem parte da rotina culinária. Segue exemplos:

Em porções de 100 gramas você encontra boas quantidades de vitamina K desses alimentos:

  • Acelga crua: 800 microgramas
  • Salsinha: 1600 microgramas
  • Couve refogada: 817 microgramas
  • Brócolis cozido: 141 microgramas
  • Repolho refogado: 109 microgramas
  • Pinhão: 54 microgramas
  • Frango: 60 microgramas
  • Ameixa seca: 60 microgramas
  • Bife de fígado bovino: 105 microgramas
  • Gema de ovo: 34 microgramas
  • Queijos duros: 85 microgramas
  • Queijos macios: 58 microgramas

O que pode causar a falta de vitamina K?

A falta de vitamina K no organismo é muito rara, entretanto, pessoas que não consomem folhosos verdes escuros e não tem uma alimentação saudável podem ter problemas com coagulação sanguínea ( hemorragias) e a perda óssea podendo chegar a osteoporose.

Pessoas que fizeram cirurgia bariátrica podem sofrer falta de vitamina K pela dificuldade de absorção de gordura pelo organismo.

Excesso de vitamina K faz mal?

Geralmente o excesso prejudicial de vitamina K é feito através da suplementação mal orientada. Por isso, para não ter problemas de coagulação sanguínea que pode inclusive formar uma trombose é necessário ingerir a quantidade certa e sem excessos de vitamina K.

A suplementação de vitamina K deve ser feita em casos específicos, um deles é de pacientes que fizeram a cirurgia bariátrica. Caso você tiver uma alimentação equilibrada, não é necessário.

A vitamina K é lipossolúvel, dissolvida no intestino através da ingestão de gorduras. Da mesma forma ocorre com as vitaminas A, E e D, caso, qualquer uma delas for absorvida em grande quantidade pelo organismo, pode atrapalhar a absorção das outras que também são lipossolúveis.

Sua vitamina K está em dia? Você consome esses alimentos?

Veja também:

Alimentos ricos em vitamina D

 

 

 

 

 

Tags

, , , , , , , , ,